Senge-PE acompanha Calendário de Lutas do CNE

Depois da Eletrobras cancelar a primeira rodada de negociação de seu Acordo Coletivo, o diretor do Senge-PE, Rômulo Vilela, junto às demais entidades que compõem o Coletivo Nacional dos Eletricitários, acompanharam audiência da ação de dano moral contra o presidente da Eletrobras, Wilson Pinto.

O processo foi ajuizado em julho de 2017 por trabalhadores e trabalhadoras da Eletrobras, após terem sido chamados de vagabundos pelo presidente da empresa. A audiência seguiu sem conciliação. A próxima audiência será no dia 23/04.

Romulo Vilela Camara dos Deputados

Após audiência, os representantes das entidades seguiram para a Câmara de Deputados, onde arrecadaram assinaturas de diversos parlamentares contra a privatização da Eletrobras, principal luta do movimento. “Precisamos permanecer na luta, insistir, convencer. A cada dia mais parlamentares entendem que a Eletrobras precisa ser público, para o bem do nosso país. A privatização não pode, nem vai, passar”, afirma Rômulo.

CNE Deputado Arlindo Chinaglia