Diretor do Senge-PE, Carlão, recebe homenagem no 11º Consenge

Como primeiro presidente da Fisenge, o engenheiro foi fundamental na fundação e consolidação da federação

Ex-presidente da Fisenge e diretor do Senge-PE, Carlos Aguiar, conhecido como Carlão, foi um dos homenageados no 11º Congresso Nacional de Sindicatos de Engenheiros, que aconteceu entre 6 e 9 de setembro em Curitiba-PR. Carlão foi o primeiro presidente da Fisenge entre 1993 e 1999 e presidente do Senge-PE entre os anos 1989 e 1995.

Engenheiro eletricista, o sindicalista foi fundamental na fundação da Federação. “Ainda em momento de construção da Fisenge, ele teve um papel importante e fundamental. Carlão é um companheiro, além de ser um grande militante, e do seu importante papel na política, na luta por um Brasil mais justo, mais fraterno e soberano, ele é um amigo”, afirmou o presidente da Fisenge Clovis Nascimento. Ele entrou no movimento sindical na Chesf, onde é engenheiro de carreira e, desde então, tem se empenhado nas lutas sociais. “Carlão é a resistência em pessoa, ele não para, ele está sempre presente na luta”, fala o diretor financeiro da Fisenge e diretor do Senge-PE Roberto Freire.  “Um companheiro que doava com todo amor e dedicação seu tempo para construir as bases”, disse o ex-presidente da Fisenge Paulo Bubach. “O fruto que foi plantado está aqui, vivo, bonito, atuante, está incomodando quem tem que incomodar mesmo, e defendendo quem tem que defender. E a Fisenge é uma federação de uma categoria diferenciada, mas é uma federação que está do lado dos trabalhadores. É uma trincheira de luta da esquerda brasileira”, discursou o homenageado ao lembrar da história da entidade desde sua fundação até os atuais desafios.

Texto: Marine Moraes

Foto: Joka Madruga/Fisenge