Representantes da FRUNE e do CNE se reúnem com Senador Marcelo Castro do Piauí

Dados apresentados na reunião servirão para defender a Eletrobras no Senado das investidas de privatização

A luta em defesa da Eletrobras/Chesf não permite trégua. Nossos dirigentes, apesar do momento diferente na forma de organizar a luta, seguem somando esforços e realizando articulações para evitar a privatização de nossas empresas.
Nesta sexta, 17, os dirigentes do CNE e da Frune se reuniram, de forma virtual, com o Senador Marcelo Castro (MDB-PI). O encontro permitiu que os dirigentes sindicais apresentassem ao parlamentar os dados dos estudos técnicos feitos AESEL (Associação dos Engenheiros e Técnicos do Sistema Eletrobras), que desmitificaram uma narrativa, utilizada pelo Governo, de que a Eletrobras é uma estatal que não dá lucro. Este argumento inclusive é imediatamente desconstruído ao analisar os resultados da Holding nos últimos dois anos. Foram mais de R$ 23 bilhões injetados nos cofres da União, só a título de dividendos, cerca de R$ 1,25 bilhão este ano. O Senador se surpreendeu ao verificar que os recursos em caixa da empresa crescem, mas, por outro lado, os investimentos cada vez mais diminuem, o que revela a estratégia perversa do governo para justificar a privatização.

ENERGIA NÃO É MERCADORIA
Durante a reunião, o Senador destacou a importância dos dados técnicos trazidos pelo CNE e pela Frune. “Defendo em primeiro lugar que a sociedade possa ter bons serviços prestados, com qualidade e o fornecimento de elétrica é estratégico e fundamental para todo país”, frisou Castro. Senador ressaltou ainda que uma empresa estatal que dá lucro ao estado brasileiro, sendo eficiente financeiramente e prestando um bom serviço ao povo sempre terá a sua defesa dentro do congresso.
LUTA IMPORTANTE NO CONGRESSO
A proteção da Eletrobras perpassa pela luta em diversos níveis, o principal é na esfera social e política. Nesse sentido, o Senador informou que essa é discussão no campo político é fundamental para o Brasil. As informações técnicas que foram apresentadas pelo CNE fortalecem a luta contra a Privatização do Grupo Eletrobras. “Esses dados servirão para qualificar o nosso discurso no Senado Federal”, ressaltou. Castro solicitou que todo o material técnico apresentado na reunião fosse enviado para a sua assessoria para ser utilizado pelos parlamentares na defesa da estatal.
Para o Secretário de energia da Frune, Fernando Neves, o Senador será um aliado importante nesta luta. “Em 2018, o Senador Marcelo Castro esteve presente na luta contra a privatização da Chesf no Nordeste junto com o Governador Wellington Dias. Isso mostra o comprometimento que este parlamentar tem com a nossa luta.

Fonte: Jornal Frune

 

Publicado em 10.08.2020