Intersindical solicita continuação do trabalho em home office no ONS

Intersindical ONS solicita, através de ofício encaminhado neste dia 14/07, ao Operador Nacional do Sistema Elétrico a manutenção do trabalho em home office aos empregados da empresa até o dia 31/12/2020. A solicitação tem como objetivo continuar preservando a vida e a saúde dos trabalhadores e combatendo a disseminação do COVID-19.

Entre os argumentos considerados na solicitação do pleito estão as inúmeras incertezas relacionadas ao contágio do novo coronavírus, como também a falta de remédios e vacinas para a cura e o combate à doença. Além desse argumento, a Intersindical afirma que “o resultado do trabalho executado pelos funcionários do ONS tem se mantido em elevado grau de qualidade e com reconhecido grau de eficiência e produtividade”, não justificando, portanto, assumir os riscos de uma retomada do trabalho em formato presencial.

Ainda no documento, a entidade reconhece o desempenho responsável do operador no cuidado com seus funcionários, ao tomar medidas prudentes desde o aprofundamento da crise sanitária no Brasil, como o início do formato do trabalho em home office no dia 17/03.

As entidades sindicais aguardam posicionamento do ONS e contam com uma resposta positiva, alegando, inclusive, que a medida foi adotada por várias grandes empresas de outros setores, como EPE, ENEL e Petrobras.