Assembleia aprova Contribuição Solidária

Trabalhadores urbanitários de Pernambuco aprovam autorização do desconto da “Contribuição Solidária”, em substituição à Contribuição Sindical.

Urbanitários de Pernambuco, em Assembleia Geral Extraordinária, aprovam autorização do desconto de nova contribuição em favor das entidades sindicais. A Contribuição Solidária, como é chamada, foi criada em substituição da Contribuição Sindical, que teve sua obrigatoriedade extinta pela reforma trabalhista aprovada pelo atual governo. O Senge-PE, através do presidente Fernando Freitas esteve presente, falando para os engenheiros e as engenheiras que fazem parte da categoria.

Para Assembleia, convocada pelo Sindicato dos Urbanitários de Pernambuco (Sindurb-PE), foram convocados/as empregados/as da Chesf, da Compesa, da Celpe e de outras empresas de engenharia do estado. “O imposto sindical é importante para a manutenção da entidade e para dar continuidade à luta dos trabalhadores”, afirmou o presidente do Sindurb-PE, José Barbosa Filho.

O presidente do Senge-PE, Fernando Freitas, destaca que aqueles trabalhadores que optarem por pagar a Contribuição Sindical, em sua forma tradicional, não precisarão pagar a nova contribuição aprovada. “Compreendemos que quem optou por pagar o boleto, já recebido, da contribuição sindical, já demonstra seu interesse em contribuir com a manutenção das entidades sindicais, portanto ficará livre do desconto da nova contribuição”, esclarece.

A Contribuição Solidária, assim como a Sindical, tem como função garantir a administração e manutenção dos sindicatos, custear serviços disponibilizados, financiar campanhas salariais, além de fortalecer a luta em defesa da categoria.