Engenheira Suzana Gico ministra debate sobre gerenciamento de recursos hídricos

Com o tema “Gerenciamento de Recursos Hídricos”, aconteceu, no dia 14 de março, o primeiro Papo de Engenheira/o, realizado pelo Senge-PE, no auditório da entidade, ministrado pela professora e engenheira civil Suzana Gico Montenegro.

Suzana Gico iniciou o debate apresentando relatoria da ONU-ÁGUA, divulgado em 2015, que aponta que, em 2030, metade da população mundial poderá enfrentar escassez de água. “Esse é um número muito dramático, em um curto espaço de tempo, é algo muito preocupante”, enfatizou.

“Para nós, engenheiros, o gerenciamento da água é um desafio muito grande. O problema está no balanço entre oferta e demanda. O que nós temos de necessidades, sejam demandas industriais, domésticas ou de irrigação, e o que nós temos como oferta. Então, se não temos água para suprir a demanda, precisamos fazer um gerenciamento da demanda, racionalizar, diminuir o uso. Esse é o grande desafio para mudar essas projeções”.

De acordo com a engenheira, o desperdício de água no Brasil é de 40%, enquanto o aceitável no mundo é de até 20%. No Japão, por exemplo, o desperdício não ultrapassa 3%.

PAPO DE ENGENHEIRA/O

Debate acadêmico, com temas relacionados à engenharia, acontecerá trimestralmente no auditório do Senge-PE e será, sempre, transmitido ao vivo pelo Facebook da entidade.