Sindsep-PE: Servidores federais tiram encaminhamentos de luta em plenária nacional da Condsef

Para organizar a luta dos servidores federais da base, a Condsef/Fenadsef realizou na última sexta e sábado, dias 15 e 16 de setembro, uma reunião do Conselho Deliberativo de Entidades (CDE) e uma plenária nacional da categoria, respectivamente. Os eventos contaram com a participação de vários estados e trouxeram encaminhamos importantes para a luta do setor.

Algumas deliberações são para “ontem”, como é o caso do recolhimento de assinaturas pela revogação da reforma trabalhista (Lei 13.467 e Lei 13.429), prevista para entrar em vigor em novembro. A ação da Condsef/Fenadsef acompanha uma campanha da CUT em apoio a um projeto de iniciativa popular para anular os efeitos dessa reforma. A ideia é colher, no mínimo, 1,3 milhão de assinaturas.

Nos estados, os sindicatos devem montar estratégias para fazer essa captação de assinaturas. A direção do Sindsep-PE vai disponibilizar, em breve, o abaixo-assinado na sede da entidade para que todos que desejarem, possam participar. A campanha da CUT foi lançada no final de agosto durante Congresso/Plenária extraordinária da central, realizado em São Paulo.

Durante a plenária do dia 16, cuja a mesa foi coordenada pelo diretor da Condsef/Fenadsef e do Sindsep-PE, Jurandir Liberal (FOTO), também foi encaminhado o apoio à campanha de mídia da CUT em defesa do serviço público e dos servidores. Os servidores da base discutiram no sábado os conceitos da campanha. A ideia é pedir a revogação da Emenda Constitucional 95, que congela os investimentos em saúde e educação por 20 anos.

Também foi referendada pela base da Condsef um calendário de atividades até o final deste ano. No dia 3 de outubro tem um ato em defesa da Petrobrás e da soberania nacional, no Rio de Janeiro. Em novembro, tudo indica que no dia 11, está previsto um ato em Brasília pela anulação da antirreforma trabalhista. “A data desse ato pode ser antecipada ou não, depende da agenda do Congresso Nacional. A ideia é fazer também uma Greve Geral neste dia”, conta o diretor da Condsef/Fenadsef e do Sindsep-PE, Jurandir Liberal.

Fonte: Ascom/Sindsep