Novo ataque a direitos do Plano Previdenciário do BD Eletrobras

Mais um ataque aos direitos do trabalhador na Eletrobras é encontrado na Resolução 806/2016, do dia 19.12.2016, da reunião da Diretoria Executiva da empresa.

O documento, que tem como relator o diretor jurídico e de gestão corporativa Alexandre Aniz, delibera a substituição do Plano Previdenciário de Benefício Definido (BD), no qual o trabalhador conhece antecipadamente o benefício que receberá, pelo Plano de Contribuição Definida (CD) “Novo”.

O movimento sindical, em defesa do trabalhador, está atento a mais essa tentativa de reduzir os direitos trabalhistas, quando a Eletrobras propõe uma mudança maléfica e não fala em nenhum tipo de complementação ao benefício por parte da empresa, aproximando o plano de aposentadoria de uma caderneta de poupança