História em quadrinhos explica prejuízos da PEC 55

Foi lançada, no dia 24/11, uma história em quadrinhos sobre os principais efeitos da PEC 55, que propõe o congelamento dos investimentos públicos por 20 anos. Esta é uma iniciativa do Coletivo de Mulheres da Fisenge (Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros). De acordo com a engenheira química e diretora da mulher da Fisenge, Simone Baía, os quadrinhos têm o objetivo de dialogar com o conjunto da categoria e ampliar para a sociedade. “Se aprovada, a PEC irá atingir setores estratégicos para o desenvolvimento econômico e social do país. Ciência e tecnologia que, historicamente, já tinham orçamentos baixos, agora serão áreas ainda mais rebaixadas. Isso significa que vamos depender de outros países para produção de vacinas, alimentos seguros, telecomunicações, entre outros setores”, pontuou. A engenharia será uma das profissões mais afetadas, pois além de promover o fim do ganho real no Salário Mínimo Profissional, também irá impulsionar demissões em massa, diminuição da produção científica e tecnológica e perda de direitos. “Esse é um cenário grave para homens e mulheres. Hoje, o mercado financeiro mantém seus lucros altos e não existe uma política de reforma tributária com taxação de grandes fortunas, por exemplo. O povo brasileiro não pode pagar pela crise”, concluiu Simone. A história faz parte do projeto “Engenheira Eugênia”.

Para visualizar todas as histórias, você pode acessar aqui: https://goo.gl/h3WZ4d

TIRA 41.jpg